16 de março de 2018

Epica - The Ultimate Principle Tour

          Quando comecei a escutar metal, as bandas de symphonic metal foram as primeiras que conheci. Nightwish, Epica, Within Temptation, Xandria, Theatre of Tragedy eram algumas das minhas favoritas.


            Com o passar do tempo, fui conhecendo outros subgêneros do metal e me apaixonando por outras bandas, outros estilos, indo gradativamente para as vertentes mais pesadas e deixando o metal sinfônico mais de lado, ao ponto de quase não escutar mais as bandas que adorava aos 14 anos. Não é que eu tenha deixado de gostar, apenas não tinha mais tanta identificação com a sonoridade como tive outrora e dada a vastidão de boas bandas de Metal, acabei me apegando a outras que representam mais o que gosto hoje.
             O fato é que a banda holandesa (já citada) Epica confirmou show em Fortaleza e isso mudou umas coisas. Por mais que eu não escutasse mais a banda há um bom tempo, ela me traz muitas lembranças de adolescência e a Thays de 15 anos, que morava no interior e juntava todos os trocados que podia só para ir aos shows que queria, iria enlouquecer se soubesse que teve oportunidade de ver esse show e a desperdiçou. Essa situação é compartilhada por várias amigas minhas e por isso, decidimos que iremos. A partir deste momento voltei a escutar a banda e, em especial, os novos discos que eu já não conhecia. Está sendo incrivelmente nostálgico reouvir as músicas antigas e mesmo as novas. Sentir aquela antiga empolgação voltando e relembrar como eu adorava ouvir os discos e o DVD da banda (tanto que tive que regravar mais de uma vez devido os arranhões).
            Outra coisa que será sensacional do show é ter a oportunidade de vê-lo com algumas das minhas melhores amigas. Vai ser muita emoção nos reencontrarmos, vermos o show e reviver nossos 14 anos. Algumas delas que são mais sensíveis já escuto chorando de agora (Milena, é você mesma!)... Hahaha
           Enfim, escrevi só para registrar como é interessante ver que as situações mudam, nossos gostos mudam, mas um resgate a velhos amores muitas vezes é encantador e muito satisfatório. 
             E você, que bandas amava na adolescência, hoje em dia mal escuta, mas se tivesse a oportunidade de ver ao vivo não pensaria duas vezes?




    Share on Facebook Tweet about this on Twitter Share on Google+ Pin on Pinterest Share on Tumblr Digg this Share on LinkedIn

0 comentários :

Postar um comentário