15 de janeiro de 2018

Metas para 2018


Como ainda estamos no primeiro mês do ano, acho que ainda está em tempo de fazer minhas metas e, com o intuito de dar uma dose de ânimo a elas, resolvi fazer um post sobre os meus objetivos e projetos para este ano, quanto ao blog.
A primeira meta é ler alguns autores clássicos ou muito famosos que eu nunca li. Aí se encontram vários autores brasileiros e alguns renomados estrangeiros como Bukowski e Hemingway. Como quero traçar metas bem realísticas para o mim, pretendo ler 5 autores desta categoria este ano.
A segunda meta é participar de desafios literários. Anteriormente, participei do #12MesesDePoe e isso me deu bastante impulso para reler as obras do autor, então, acredito que participar de projetos assim com leitura e discussões irá me proporcionar boas e proveitosas leituras. Até agora já escolhi dois para participar: o Um ano com H.P. Lovecraft e o Fim dos Tempos. O primeiro eu vi pelo Instagram e traz a proposta de ler um conto do Lovecraft por mês, basicamente, e discutir o que foi lido em um grupo do Facebook criado especialmente para esse projeto. O segundo eu descobri através de um vídeo do canal Chá de Prosa (fica a dica) e traz um livro de ficção científica/distopia para ser lido e discutido a cada mês.
O terceiro é o mais arriscado. Depois do post sobre o livro O Senhor das Moscas, em que citei ao final uma música do Iron Maiden inspirada no livro, parei para pensar no quanto a "Donzela de de Ferro" tem inspiração na literatura para compor suas letras. Fiquei então, pensando no quão legal seria fazer mais posts que linkassem a literatura com músicas que eu gosto. Com certeza Iron Maiden e Blind Guardian estariam no topo da lista de bandas com mais músicas inspiradas em livros, mas com certeza não seriam as únicas. Então, vou estipular como meta trazer um livro/ conto que inspirou uma música por mês.
Adoro ver filmes e séries, mas percebi que mal falo disso aqui, com exceção dos filmes do #MEDO. Sendo assim, a última meta para 2018 é trazer um filme ou série por mês, pelo menos.
Uma coisa que gostaria de fazer, mas vivo procrastinando, é começar um canal no YouTube para compartilhar as coisas que ando lendo, ouvindo e vendo. Ao mesmo tempo em que adoraria criar esse tipo de interação, a minha falta de desenvoltura diante de uma câmera e o receio da exposição sempre me afastam dessa ideia. Por isso mesmo eu não vou me precipitar e colocar a criação de um canal como meta, mas há a possibilidade de sair.
E aí, o que você achou das minhas metas? Quais são as suas metas para este ano? Espero conseguir colocar em prática tudo o que foi descrito nesse post (para que não sejam daquelas "promessas de fim de ano") e postar com mais frequência aqui em 2018.



    Share on Facebook Tweet about this on Twitter Share on Google+ Pin on Pinterest Share on Tumblr Digg this Share on LinkedIn

0 comentários :

Postar um comentário