15 de abril de 2015

Coisas Frágeis Vol. I

Olá, tudo bem por ai?

Pra inaugurar os posts sobre livros aqui do blog, nada mais justo (e mais óbvio também) que um pouco de Neil Gaiman, né? É um dos meus autores favoritos e procuro ler tudo que consigo dele, então volta e meia vão ter obras dele aqui... *risos


A narrativa soturna e lírica, cheia de elementos e referências tanto mitológicas quanto literárias é uma característica bem marcante da escrita do autor. Acho que isso é uma das coisas que mais gosto nas obras dele, porque além de agregar conhecimento a quem não conhece as obras referenciadas e, familiariza os que conhecem essas referências no ambiente das histórias mais facilmente.
Coisas Frágeis é uma bela coletânea de contos, que saiu pela editora Conrad no Brasil em 2010 e conta com dois volumes, ambos muito bons e com capas bem lindas. Originalmente, essa obra foi publicada em um único volume e o principal motivo de terem transformado em duas partes aqui no Brasil, deve ter sido por razões comerciais, pra lucrar por dois livros e não por apenas um.  No post de hoje vou falar sobre o primeiro volume, que traz nove contos.

Logo no prefácio do livro, Neil Gaiman explica o motivo de ter escolhido o título Coisas Frágeis pra essa obra:

“Acho que prefiro me lembrar de uma vida desperdiçada com coisas frágeis, do que uma vida gasta evitando a dívida moral. […] E me perguntei a que me referia com ‘coisas frágeis’. Parecia um belo título para um livro de contos. Afinal, existem tantas coisas frágeis. Pessoas se despedaçam tão facilmente, sonhos e corações também.” 

Esses contos proporcionam uma leitura absurdamente leve e divertida e são uma aula de como um autor pode ser versátil em sua linha narrativa, pois há contos de fantasia, contos de suspense e, alguns que conseguem ter um toque maior de realidade.
Dois desses contos fazem referência a outros livros de Gaiman. Um é A vez de Outubro, que segundo o autor foi 'uma espécie de treino’ para O Livro do Cemitério (<3), que já resenhei aqui. O outro é O Monarca do Vale, que é uma seqüência de Deuses Americanos. Embora o conto separadamente seja muito bom e perfeitamente compreensível, quem leu antes o Deuses Americanos vai ter uma compreensão mais rápida e, talvez, mais ampla do que se passa, mas quem não leu, não é prejudicado de forma alguma, pra mim. Eu mesma quando o li, não tinha lido ainda o Deuses Americanos.  

"E então seu sonho se encheu de deuses: deuses velhos e esquecidos, mal-amados e abandonados, e novos deuses, coisas assustadas e transitórias, iludidas e confusas."

A Vez de Outubro é meu conto preferido deste volume. Ele apresenta uma metalinguagem, e em suma, é como se fosse uma reunião com os meses do ano, e cada um conta uma história que aconteceu em seu mês. Na vez de Outubro, ele conta a história de um menininho que fugiu de casa e acaba conhecendo um fantasma (de outra criança) que se torna seu amigo e segue com ele pelo resto da narrativa . Durante o desenrolar da história, dá até um friozinho na barriga e uns arrepios. A Vez de Outubro conto ganhou o prêmio Locus em 2003, o primeiro do autor na categoria de melhor conto.

"E eles deram as mãos ao se afastarem das brasas alaranjadas da fogueira, levando suas histórias de volta para a escuridão."

 Outro conto que merece destaque é O Problema de Susan, que sugere o que aconteceu com a Susan de As Crônicas de Nárnia depois do fim do livro. Os outros personagens, tiveram um final bem definido, apenas Susan teve um fim mais enevoado e neste conto, o autor (embora não dê certeza que seja realmente ela), tenta solucionar este problema. Um aviso pra quem, como eu, ainda não leu As Crônicas de Nárnia e vai se jogar no Coisas Frágeis: se preparem para um spoiler! *risos
Outro conto que merece destaque é O Problema de Susan, que sugere o que aconteceu com a Susan de As Crônicas de Nárnia depois do fim do livro. Os outros personagens, tiveram um final bem definido, apenas Susan teve um fim mais enevoado e neste conto, o autor (embora não dê certeza que seja realmente ela), tenta solucionar este problema. Um aviso pra quem, como eu, ainda não leu As Crônicas de Nárnia e vai se jogar no Coisas Frágeis: se preparem para um spoiler! *risos
Os outros contos são: Um Estudo em Esmeralda, Lembranças e Tesouros, Os Fatos no Caso da Partida da Senhora FinchGolias, Como Conversar com Garotas em Festas e O Pássaro do Sol (Esse conto Neil Gaiman escreveu como um presente para sua filha).
Bom, pra concluir, só tenho a dizer que este é um livro realmente encantador e cada vez que leio algo de Neil Gaiman reafirmo minha admiração por ele, por seu talento excepcional como contador de histórias, seja lá qual for o gênero dela. 


Este livro pode ser encontrado facilmente em livrarias tanto físicas quanto online ~por um preço bem amigo e sempre tem promoções no submarino, onde o kit contendo os dois volumes sai por volta dos R$ 20,00, então, se você vigiar um pouco, vai conseguir levar os dois pelo preço de um! Se você preferir livro em mídia digital, pode achar esse livro em pdf fácil, fácil pra baixar gratuitamente também. :)
 Espero que tenham gostado e se já leram ou pretendem ler, me contem aqui nos comentários, vou adorar ler! 


    Share on Facebook Tweet about this on Twitter Share on Google+ Pin on Pinterest Share on Tumblr Digg this Share on LinkedIn

13 comentários :

  1. Bom,eu fiquei ainda mais sedenta de ler Neil Gaiman após sua resenha do livro do Cemitério lá no blog. Adquiri o livro, li, e me apaixonei.:3 É um livro que vou querer ler pra Luna, com certeza. Após ler o livro, me apeguei muito ao autor, pela escrita ter esse apego soturno que tanto gosto. Também quero ler tudo dele! Comecei a ler o Sandman, (pelo computador mesmo ¬¬). espero ter logo em mão o livro físico.

    Ótima resenha, amiga!

    beijão :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A escrita dele é apaixonante!
      Que legal que tá lendo Sandman! Nem fica triste porque tá lendo por scan, porque as edições físicas são bem carinhas e tem ele completo pra baixar em vários lugares, então, acaba sendo uma economia. E, no fim, o importante mesmo é ler! ^^
      Muito bom te ver por aqui!
      Beijão e até mais!

      Excluir
  2. Ahh, Neil... Maravilhoso Neil Gaiman, eu sou apaixonada por esse cara, sério mesmo, tudo que ele escreve é divino!!!

    Adorei sua resenha e seu blog, linda! =D

    lullabyforju.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Julia!
      Eu também, adoro a escrita dele, a criatividade, o jeito que ele sempre enche tudo de referências históricas, mitológicas, cinematográficas ou o que for. É um dos meus autores favoritos.
      Obrigada pela visita e volte sempre!
      Beijo

      PS: Adorei seu blog! Espero ver algo do Gaiman por lá em breve também! ;)

      Excluir
  3. Neil Gaiman é simplesmente muito foda *-* adoro esse autor.
    Bela resenha do livro, deu vontade de ler, estará com certeza na lista de minhas novas aquisições literárias. ;)
    Parabéns pelo blog, ficou lindo.
    Bjim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é incrível mesmo, Quel!
      Muito feliz de te ver por aqui e saber que está gostando, ainda estou moldando o blog aos poucos, pra deixar mais pessoal, mais parecido comigo e com o que eu pretendo colocar aqui... Espero que consiga fazer algo legal!
      Obrigada pelo apoio e pelos palpites, espero te ver sempre por aqui, hein?!
      Beijão e até mais... ��

      Excluir
  4. Neil Gaiman também é um dos meus autores favoritos,O Problema de Susan é um dos meus contos preferidos juntamente com o A Vez de Outubro, sou incrivelmente apaixonada pelo modo, estilo e versatilidade na escrita do autor. Disse tudo Thays ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou, Van!
      Além desses, o "Como conversar com garotas em festas" também é bem legal, aliás, todos são bem legais! Qual o seu livro preferido do Gaiman?
      Obrigada pela visita e até mais!
      =**

      Excluir
    2. Adorei a resenha Thays, muito bem feita!! Agora deu vontade de ler o livro :3

      Excluir
    3. Owwn! Que bom que gostou, Milena!
      Tô recrutando um monte de novos fãs pro Neil Gaiman! Hahaha
      Beijão, sua linda!

      Excluir
  5. Esse(s) livro(s) foi meu primeiro contato com Neil Gaiman. Fiquei apaixonada pelo conto A Vez de Outubro, pela escrita dele como um todo. Ainda tenho muita coisa dele pra ler, tanta coisa que é até difícil saber por onde começar! Mas mesmo conhecendo pouquinho ele é um autor que eu indico sempre e gosto muito de ter na minha estante, sem falar que ele é uma pessoa maravilhosa, ele e aquela mulher dele deviam ser clonados!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma ótima maneira de começar! O Gaiman tem uma sensibilidade inacreditável, todas as obras dele trazem alguma coisa que pode servir de lição pra gente.
      Os discursos, textos, ensaios e até alguns "tweets" dele são motivadores e ótimos pra nós ajudar lidar com algumas situações...
      E realmente ele e a Amanda Palmer são as melhores pessoas! *__* Por mais gente assim neste mundo! ❤❤❤

      Excluir
    2. Uma ótima maneira de começar! O Gaiman tem uma sensibilidade inacreditável, todas as obras dele trazem alguma coisa que pode servir de lição pra gente.
      Os discursos, textos, ensaios e até alguns "tweets" dele são motivadores e ótimos pra nós ajudar lidar com algumas situações...
      E realmente ele e a Amanda Palmer são as melhores pessoas! *__* Por mais gente assim neste mundo! ❤❤❤

      Excluir